sexta-feira, 9 de fevereiro de 2018

POLÍTICA - O apoio público de Fernando Henrique Cardoso à candidatura de Luciano Huck gerou manchetes e questionamentos sobre o real objetivo do ex-presidente ao resolver dar uma banda em Geraldo Alckmin. Surpresa, porém, ao menos no ninho tucano, não teve nenhuma. Primeiro porque, como se sabe, Fernando Henrique jamais caiu de amores pelo governador de São Paulo. Além disso, ele vocalizou o que pensa boa parte do partido. Dos candidatos a vereador aos postulantes a governos pelo partido, a todos interessa uma candidatura verdadeiramente competitiva para o Palácio do Planalto. Um senador resume bem o pensamento reinante na legenda: “É melhor ganhar a eleição com Huck do que perder com Alckmin”.

O apoio público de Fernando Henrique Cardoso à candidatura de Luciano Huck gerou manchetes e questionamentos sobre o real objetivo do ex-presidente ao resolver dar uma banda em Geraldo Alckmin. Surpresa, porém, ao menos no ninho tucano, não teve nenhuma. Primeiro porque, como se sabe, Fernando Henrique jamais caiu de amores pelo governador de São Paulo. Além disso, ele vocalizou o que pensa boa parte do partido.

Dos candidatos a vereador aos postulantes a governos pelo partido, a todos interessa uma candidatura verdadeiramente competitiva para o Palácio do Planalto. Um senador resume bem o pensamento reinante na legenda: “É melhor ganhar a eleição com Huck do que perder com Alckmin”.

 

Nenhum comentário: