destaque

destaque

sábado, 28 de março de 2015

BRASIL - PF prende presidente da Queiroz Galvão em nova fase da Lava Jato

A Polícia Federal (PF) prendeu ontem, em mais uma etapa da operação Lava Jato, o acionista e presidente do Conselho de Administração do Grupo Galvão, controlador da empreiteira Galvão Engenharia, Dario de Queiroz Galvão Filho.  Também foi preso Guilherme Esteves de Jesus, considerado pelo Ministério Público Federal como operador dos pagamentos de propina da empresa Sete Brasil, que tem contratos com a Petrobras.

Dario de Queiroz Galvão Filho foi preso em casa, em São Paulo, e Guilherme Esteves no Rio de Janeiro. Cumprindo mandado do juiz federal Sérgio Moro, responsável pelos processos da Operação Lava jato, os agentes da PF também cumpriram mandados de busca e apreensão nos locais onde ocorreram as prisões.

Na quarta-feira (25), as empresas Galvão Engenharia e a Galvão Participações, vinculadas ao Grupo Galvão, apresentaram à Justiça do Rio de Janeiro pedido de recuperação judicial. Comunicado da empresa a colaboradores, fornecedores, clientes, parceiros de negócios e acionistas informou que foram e serão tomadas “todas as medidas necessárias ao restabelecimento das condições operacionais e financeiras” das empresas e, no tempo mais breve possível, retornará “plenamente” às atividades. 

ALTO DO RODRIGUES - Resultado das outras finais de campeonatos realizados nesta noite

Além do quarto título conquistado pela equipe OS TEIMOSOS, mais três partidas foram realizadas antes da grande final. A primeira foi na categoria SUB 10 e a Escola Ivanildo Bezerra venceu a forte equipe VISÃO DE FUTURO e sagrou-se campeão.

Em seguida, foi a fez das meninas de BARROCAS enfrentarem a equipe de LISTRADA que venceu a competição, levando troféus e medalhas para o distrito de LISTRADA.

A Copa Alto Folia dos Veteranos teve um jogão de bola que só foi definido nos penaltis e a equipe do KOMI KETO venceu OS VETERANOS, ficando com o título de campeão da competição

A noite de jornada esportiva é uma realização da prefeitura municipal sob o comando do departamento de esportes, na pessoa do professor Edenilson Almeida

ALTO DO RODRIGUES - Campeão da Copa Alto Folia de Futsal masculino fez juz ao nome do time

OS TEIMOSOS venceu a Copa Alto Folia de Futsal masculino contra a forte equipe OS LISOS pelo placar de 5 a 4. O jogo realizado no Ginásio Poliesportivo Ivanildo Bezerra da Silva teve muitos ingredientes que fizeram o público ficar até último minuto do jogo. Em partida marcada pela expulsão de jogador e técnicos até a polícia foi acionada para acalmar os ânimos de alguns atletas e técnico. Antes de completar dois minutos de jogo, OS TEIMOSOS conseguiu o empate, mas a equipe OS LISOS conseguiram mudar o placar para 4 a 2. OS TEIMOSOS fez juz ao nome do time e conseguiu empatar a partida e perto do fim, OS TEIMOSOS virou o placar e sagrou-se tetra campeão da competição, levando o prêmio de R$ 10 mil reais, além de troféu de campeão e medalhas. OS LISOS, vice-campeão, ficou com a bolada de R$ 5 mil reais, troféus e medalhas.

A entrega dos troféus foi prestigiada pelo prefeito Abelardo Rodrigues, a vice-prefeita Emília Patrícia, a secretária de educação Irani Cunha, os vereadores Zé Pedro, Zé de Zeca e Pedro Eugênio, Também estiveram presentes, o deputado federal Felipe Maia, o ex-prefeito Geraldo Magela, além de outras lideranças da região. Vale registrar a presença dos principais meios de comunicação da região.

sexta-feira, 27 de março de 2015

ALTO DO RODRIGUES - Biografia de Bell Marques já em carreira solo. Logo mais tem super show!

Em todos esses anos, ficou conhecido por atrair, com sua trajetória inigualável, uma legião de fãs diferenciada, que roda o País acompanhando seus shows. Os inúmeros troféus concedidos em sua carreira fizeram de Bell um dos artistas mais premiados do Brasil.

Em setembro de 2013, Bell Marques chamou atenção do Brasil inteiro ao anunciar sua saída do Chiclete com Banana. O lançamento de sua carreira solo aconteceu no último dia de Carnaval, em 2014, à frente do Bloco Vumbora, no circuito Barra-Ondina. Com apresentações fechadas até dezembro, o cantor tem surpreendido o público com sua nova banda e com o repertório eclético.

No palco, Bell Marques apresenta, além de canções de sua antiga banda, imortalizadas em sua voz, sucessos de outros grandes nomes da música e faixas do novo CD, batizado de Vumbora. No álbum, o artista canta novos sucessos, como Nicolau, Amor Bacana, Louco Amor e Vumbora Vumbora, inédita que ganha medley com Vumbora Amar e Savassi, que marcaram sua trajetória no Chiclete.

Um dos destaques dos shows, além da clara satisfação do cantor, tem sido a nova banda, escolhida a dedo pelo próprio Bell. “Estou muito contente com a equipe que consegui reunir. Me sinto mais livre para ousar e, para isso, conto agora com um trio de metais, com um violoncelo e até violino”, conta.

Ao lado dessa “big band”, como define, Bell garante não largar a guitarra e sua forma de tocar. “Minha forma de tocar a guitarra virou marca registrada. Jamais abandonaria. Além de minha paixão, é a minha força”, reforça o cantor, que mantém a levada de antigamente com esses novos elementos, que resultam em um som mais complexo e elaborado no palco.

ALTO DO RODRIGUES - Flashs do desfile do bloco infantil Filhinhos do Papai


Os muitos foliões do bloco infantil Filhinhos do Papai, fizeram nesta tarde, uma prévia do que vai ser amanhã à noite com os blocos oficiais, uma multidão de pessoas, se divertindo, felizes e animadas ao som da banda Oz Fascínios no trio Jóia.

ESTADO - Polícia cumpre mandado na casa do zagueiro Thiago Potiguar

Equipes de policiais da Deprov, de Capturas e da 1ª Delegacia de Parnamirim cumpriram nesta sexta-feira mandado de busca e apreensão na casa do zagueiro Thiago Potiguar, preso desde sábado passado, acusado de integrar uma quadrilha que praticou assaltos na residência de um casal de policiais em Barreta e na granja de um empresário em Pium. Na casa do zagueiro, foram encontradas munições de revólver calibre .38 e uma de fuzil, além de dinheiro, celulares e relógios. Thiago Potiguar nega participação nos crimes, mesmo tendo sido reconhecido por todas as vítimas.