destaque

destaque

quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

ESTADO - MP recomenda que prefeituras de Florania, São Vicente e Laurentino Cruz não façam carnaval

O promotor Tiago Neves Câmara expediu hoje uma recomendação para as Prefeituras de Tenente Laurentino, Florânia e São Vicente. A orientação é para que não seja feito nenhum gasto com festa de carnaval, incluindo show de buffet. “Os municípios de Florânia, São Vicente e Tenente Laurentino Cruz continuam a figurar na lista de municípios em situação de emergência decorrente da seca”, justificou o promotor.

Ele observou ainda: “as adversidades sofridas pelo homem do campo e o consequente Estado de Emergência são incompatíveis com a contratação de bandas ou a realização de festas por parte do Poder Público Municipal”.


G1RN - Caixa de banco é explodido e quartel da PM alvo de tiros no interior do RN

Alvo de explosão na madrugada desta quarta, agência do Bradesco na cidade de São Pedro também foi detonada em maio do ano passado (foto da direita) (Foto: Divulgação/Polícia Militar do RN)
Um caixa eletrônico do Bradesco foi explodido na madrugada desta quarta-feira (28) no município de São Pedro, a pouco mais de 50 quilômetros de Natal. Todo o dinheiro foi levado. A Polícia Militar não sabe quantos criminosos participaram da ação. Ninguém foi preso. Ainda de acordo com a PM, a explosão aconteceu por volta de 1h50. A polícia informou também que o terminal havia sido abastecido nesta terça-feira (27). Os assaltantes ainda atiraram contra o destacamento da Polícia Militar na cidade. Em seguida, fugiram fazendo disparos para o alto. Uma loja também foi atingida pelos tiros.

Esta é a segunda vez que a agência do Bradesco da cidade de São Pedro é alvo de criminosos. Ano passado, no dia 9 de maio, o terminal também foi explodido. No entanto, o caixa estava vazio e nenhum dinheiro foi levado.

terça-feira, 27 de janeiro de 2015

MOSSORÓ - Município registrou dois casos de H1N1 com uma morte confirmada

Dois casos do vírus Influenza A (H1N1) foram confirmados em Mossoró pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) através da Subcoordenadoria de Vigilância Epidemiológica (Suvige), sendo que um deles evoluiu para óbito. Os casos confirmados de Influenza A(H1N1) foram de um paciente de 42 anos de idade, notificado em 08/04/2014, evoluindo para óbito em 09/04/2014. O outro paciente de 47 anos de idade, foi notificado em 15/04/2014, tendo ficado hospitalizado por 15 dias, recebeu alta e passa bem.

A informação consta no Boletim com a situação epidemiológica da H1N1 no Rio Grande do Norte referentes a Semana Epidemiológica 53 divulgados nesta terça-feira, 27. Os dados foram contabilizados até o último dia 3 de janeiro. Entre os meses de janeiro a dezembro de 2014 o Instituto Evandro Chagas (Belém-PA), laboratório de referência para o processamento das amostras coletadas, emitiu 171 laudos de casos suspeitos para Influenza.

A maioria das hospitalizações registradas por doenças respiratórias no Rio Grande do Norte são de pessoas residentes em Natal. A faixa etária mais acometida é a de menores de 01 ano de idade, apresentando um percentual de 43,1%, seguida pela faixa de 01 a 04 anos de idade com 24,3% dos casos.

Segundo o Ministério da Saúde a vacinação contra a gripe é uma importante ação de prevenção contra a doença, mas não dispensa medidas básicas de proteção. São cuidados simples, como lavar as mãos várias vezes ao dia, cobrir o nariz e a boca ao tossir e espirrar, evitar tocar o rosto e não compartilhar objetos de uso pessoal.

ASSU - Prefeitura começa a multar quem jogar lixo nas ruas

Depois de muitos debates, campanhas educativas no rádio, reuniões e encontros com a população, a Prefeitura do Assú definiu que irá aplicar multas para os moradores que ainda insistem no péssimo hábito de jogar lixo ou entulho em vias públicas. A confirmação foi feita nesta segunda-feira (26), pelo secretário de Infraestrutura, Douglas Freire de Morais.

O secretário lembrou que desde maio de 2014, a administração municipal vem alertando sobre o problema gerado pelo descarte de resíduos sólidos nas vias da cidade e da possibilidade da aplicação de multas.

“Já realizamos audiência pública na Câmara Municipal, conversando com a população sobre o problema, mas uma parte dos moradores ainda persiste em descumprir a lei e sujar a cidade. Por isso, resolvemos aplicar a multa. A princípio será uma notificação, se o descarte continuar, aplicaremos a multa no valor de R$ 500 reais ao morador”.

Apoio
“A Prefeitura está fazendo sua parte, recolhendo o lixo doméstico diariamente, limpando os canteiros da cidade e os transformando em praças públicas, recolhendo animais soltos nas ruas e avenidas e promovendo campanhas de conscientização. Mas, sabemos que não depende somente de nós, a população deve fazer sua parte nesse processo.

A questão do descarte, principalmente de móveis, madeira, sofás, colchões, eletrodomésticos velhos, poda de árvores, restos de material de construção e outros materiais do gênero, é de responsabilidade da população, esses resíduos sólidos não podem ser jogados na rua”, destacou Douglas Freire.

Ainda de acordo com o secretário, a Prefeitura começou a limpeza de ruas afetadas pelo problema nesta semana. “Começamos nesta segunda-feira com a limpeza da Rua Monsenhor Júlio, depois seguiremos para a Rua Bernardo Vieira. Esperamos que os moradores das ruas não insistam na questão de jogar lixo, entulhos e restos de materiais de construção, pois estamos amparados em Lei Municipal e tomaremos as medidas cabíveis”, reforçou Douglas Freire.